Aprendendo a investir no mercado de ações – As 7 reflexões de Charlie Munger sobre a Bolsa de Valores

Olá meus amigos!!

Tudo certo com vocês?

Aqui quem fala é o Felipe Tejeda do site Prateleira de Ativos.

Hoje, vou contar um pouco da história de um investidor que ficou mais conhecido como sendo o braço direito do Oráculo de Omaha, Warren Buffett.

Iremos listar 7 pensamentos de Charlie Munger sobre como se portar diante do mercado de capitais.

 

Embora tenha sido um pouco ofuscado por ninguém menos do que Buffett, Munger trás algumas lições de fora do mercado financeiro mas que ilustram muito bem alguns aspectos e características da “loucura” que é a dinâmica do mercado de capitais.

Falando um pouco sobre a história de Munger, em sua adolescência trabalhou na mercearia do avô de Warren Buffett. Eles são sócios na Holding Berkshire Hathaway há décadas e isso demonstra que se entendem bastante quando o assunto é o mercado de ações e avaliação de empresas.

Algumas de suas ideias são bem conhecidas como o desapego em relação aos índices de mercado, as escolhas por companhias que tenham cases simples e compreensíveis e a aversão por investimentos, que sejam suportados apenas por aquisições.

Munger foi conhecido por ser um sujeito extremamente racional, como o próprio Buffet dizia:

“Ele vê a essência de tudo antes mesmo de você finalizar a sentença”. Tal personalidade permitiu a Munger que não seguisse a manada como até intitulou reportagem do Wall Street Journal:

“Usar a razão, a fórmula do sócio de Buffett para investir”

Antes de prosseguirmos com as 7 reflexões de Charlie Munger sobre a Bolsa de Valores gostaria de indicar outros dois artigos sobre lições de mega investidores que talvez você ainda não tenha sido apresentado:

 Sem mais delongas, vamos para as 7 reflexões:

1 – “A negação o levará diretamente ao fracasso”

 
Palavras de Charlie Munger: 
Se você ligar a televisão você encontrará as mães dos mais evidentes criminosos que qualquer homem comum poderia perceber e todas as mães deles pensam que seus filhos são inocentes.
Suportar a realidade é algo muito doloroso, logo você apenas a distorce até que ela seja suportável. Todos nós fazemos isso até certo ponto. É um erro de julgamento psicológico comum que causa problemas terríveis.
Interpretação:
As piores mentiras são as que contamos para nós mesmos. No caso do mercado de ações, muitas vezes estamos em uma posição perdedora mas não conseguimos assumir nossos erros.
Na jornada do investidor teremos que conviver com equívocos por não ter completo domínio sobre o case de uma empresa, ou o setor em que está inserida ou até mesmo um detalhe importante que você não se atentou antes de ser sócio.
Não tenha medo de assumir seus erros, seja sincero consigo mesmo caso contrário o seu patrimônio poderá contar com empresas ruins por simples orgulho de não querer assumir um erro.

 

 

2 – “Não tome uma decisão somente porque você gosta daquilo”
Palavras de Charlie Munger:
 
A tendência de gostar especialmente da individualidade, do jeito único e da maneira de estruturar ideias de alguém, e a tendência a ser suscetível especialmente a “ir pelo caminho errado”, se deixando fazer a cabeça por alguém admirado.

 

 

Interpretação:

 

 

 

Warren Buffett dizia para sair com pessoas melhores do que você. Procure encontrar companheiros investidores capazes de lhe dar críticas construtivas e leve para si. Não faça cara feia só porque eles têm diferentes opiniões.

 

 

Seu objetivo é encontrar empresas boas e rentáveis. Não para que alguém o faça sentir bem.

 

 

3 – “Inveja e ciúmes mata a racionalidade”
Palavras de Charlie Munger:
 

Eu ouvi Warren dizer uma meia dúzia de vezes:”Não é a ganância que move o mundo, mas a inveja”.

Você vai atrás dos cursos de pesquisa de psicologia e ao tentar achar estudos sobre inveja e ciúmes em livros de 1.000 páginas você não encontra nada. Existem alguns pontos cegos nestes tipos de estudo mas é uma coisa extremamente poderosa.
Interpretação:
Inveja e ciúme têm sido a ruína da humanidade e isso também se aplica ao seu portfólio.
Quem se importa com o que os outros investidores ou analistas estão fazendo ou quão bem eles estão fazendo algo.
A inveja e o ciúme só vão fazer com que você tome decisões erradas. Consiga seu próprio sucesso e deixe que os outros façam o caminho deles.
4 – “Aprendizado ativo e aplicado”
Palavras de Charlie Munger:
 
Nós todos conhecemos pessoas que tiveram suas ideias reprovadas, e muitos destes tentam memorizar aquilo e procuram de alguma maneira revidar. Isso não funciona. O cérebro não trabalha desta forma.
Você tem de reunir os fatos sobre as estruturas teóricas respondendo a pergunta “Porquê?” Se você não fizer isso, você simplesmente não pode lidar com o mundo.
Interpretação:
Pensar e ter uma opinião vai além de regurgitar os fatos.
Fazendo todo o caminho de volta aos anos de escolaridade, os fatos e teorias são sempre fornecidos. O método mais comum para passar de ano era apenas memorizando e cuspindo-a de novo, mas os alunos realmente talentosos sempre pareciam entender tudo.
Finalmente se percebeu que esses alunos constantemente pensam sobres os problemas e fazem perguntas.
Quando se trata de analisar e selecionar ações, não basta olhar para alguns números e percorrer os movimentos?
ou
Você deve buscar constantemente respostas e perguntar por quê?
5 – “A psicologia da errar por pouco”
Palavras de Charlie Munger:
 
Você vai até aquelas máquinas caça níqueis, joga e o resultado é Bar, Bar, Nozes. E isso ocorre repetidas vezes. Você tem sempre estas quase vitórias. Bem, isso é a síndrome da privação da grande comemoração, e o incauto faz com que as pessoas que criam estas máquinas entendam muito bem de psicologia humana.
E para as pessoas que tem um alto QI eles criaram as máquinas de Poker onde você faz suas próprias escolhas.
Assim você pode jogar Blackjack, por assim dizer, com a máquina. É maravilhoso o que fizemos com os nossos computadores para arruinar a civilização.
Interpretação:
As quase vitórias criam um vício de tentar de novo e de novo.
Quantas posições em ações você perdeu? Agora pense em suas posições vencedoras.
Você pode lembrar nitidamente as ações em que você perdeu, mas não se lembra dos detalhes das que venceu.
Ao se ancorar em suas quase vitórias ou derrotas, você entra em um território perigoso podendo cometer equívocos.

 

 

6 – “Livre-se de atitudes defensivas”
Palavras de Charlie Munger:
 
Aqui eu penso que devemos discutir John Gutfreund. Este é um exemplo humano muito interessante, que vai ser ensinado em cada escola profissional séria por pelo menos uma geração completa.
Gutfreund tinha um empregado de confiança e que venho à tona não por meio da confissão, mas por acidente. Este empregado de confiança mentiu como um demônio para o governo e manipulou o sistema de contabilidade, foi realmente equivalente a falsificação.
E o homem imediatamente diz: “Eu nunca fiz isso antes, eu nunca vou fazer isso novamente. Foi um fato isolado.”
Interpretação:
Quando as pessoas são confrontadas com um fato negativo sobre elas,
isso imediatamente vira-se para uma defesa. Ao invés de reconhecer, pedir desculpas, aprender e tornar-se melhor, a reação imediata é a culpa, mentir e inventar desculpas.
É natural.
Quando você percebe que a sua tese de investimento está incorreta, como você responde?
Olha para os fatos para confirmar seus pontos de vista originais?
ou
Você procura uma análise que vai contra a sua?


 

7 – “O estresse pode induzir alterações mentais”
Palavras de Charlie Munger:
 
Aqui está o meu exemplo favorito, o grande cientista russo Pavlov. Ele fazia experiências com um grande número de cachorros condicionados a
comportamentos alterados. O grande dilúvio de Leningrado veio e invadiu a gaiola em que se encontravam os cães.
Estes animais apresentaram muito mais estresse do que você pode imaginar para um cão.
A água recuou a tempo de salvar alguns dos cães, e Pavlov observou que eles tinham tido uma reversão total de sua personalidade condicionada.
E sendo o grande cientista que era, ele passou o resto de sua vida dando colapsos nervosos para cães, e aprendeu demais com isso o que considero muito interessante.
Interpretação:
Simplificando, quando os animais são colocados sob quantidades significativas de estresse, até mesmo a personalidade mais preparada vai descobrir que, assim como o cão de Pavlov, eles terão reversão de sua personalidade condicionada.
Warren Buffett vive em Omaha por uma razão. Ele está distante de Wall Street e está em um ambiente onde ele pode pensar com calma, sem fatores de estresse externos batendo em sua porta.
Quantas vezes você verificou os seus preços médios das ações e se preocupou quando os preços estavam descendo?
E como você tem tomado decisões em tais condições?

 

 

Conclusão:
As citações de Charlie Munger são contemporâneas as de Buffett. A diferença é que Munger não fala sobre ações em muitos casos. Em vez disso, Munger gosta de transmitir sabedoria e lições de outras disciplinas.
Munger, obviamente, recebe muito menos atenção do que Buffett, mas lendo suas palavras, você pode cavar o cérebro de um dos grandes pensadores.
Nem tudo colocado neste artigo será aplicável aos investimentos, mas a maioria é. Investir requer uma abordagem multi disciplinar e num primeiro momento, as coisas que você lê podem não fazer sentido ou você pode não ser capaz de entender como ela está relacionada. Procure dar um passo para trás e você verá que praticamente tudo pode ser aplicado aos investimentos.
Investir é muito mais do que apenas olhar para os números, compra e venda.
Investir tem o seu lado técnico, mas mais importante, uma grande parte do processo é comportamental.
Há tantos pequenos investidores com menos experiência, facilidade e habilidade de lidar com os números do que você, mas eles têm retornos fantásticos no longo prazo. Simplesmente porque eles mantêm os seus comportamentos em ordem e não são seduzidos pelo que o mercado faz.

 

 

Bom pessoal, este foi mais um artigo do Prateleira de Ativos extraindo reflexões de grande investidores.

 

Esperem que tenham gostado.
Um grande abraço e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *